quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Pitbull


Cachorros...
Um amigo que podemos escolher para compartilhar nossa vida...
Em momentos felizes ou tristes eles estão sempre ao nosso lado, e mesmo sem poder dizer alguma palavra, eles nos confortam, nos ouvem, nos divertem!



Hoje, em especial, a matéria será sobre Pitbull, que particularmente é um dos meus prediletos, muito lindo, mas é claro que pra ter um precisamos ter bastante responsabilidade para criá-lo...



          PIT BULL é um termo genérico que se refere a um conjunto de raças de cão, incluindo, mas não se limitando ao American Pit Bull Terrier, o American Staffordshire Terrier e o Staffordshire Bull Terrier, e os cruzamentos entre essas raças. Costuma-se usar apenas o termo Pit Bull para designar a raça American Pit Bull.


          As características do Pit Bull são a resistência, auto-confiança e a alegria de viver. A raça gosta de agradar e é cheia de entusiasmo. É um excelente cão de companhia e é notável o seu amor por crianças. Muitos apresentam certo nível de agressividade contra outros cães, bem como pelo fato de o seu físico ser poderoso, a raça necessita de proprietários que os sociabilizem cuidadosamente e que treinem obediência aos seus cães. São cães com um alto nível de energia, não devendo assim ficarem presos num espaço pequeno, muito menos em correntes. O principal fator condicionante da transformação do Pit Bull num animal agressivo é o cruzamento indiscriminado da raça sem se avaliar o temperamento dos animais. Animais agressivos com seres humanos não devem ser inclusos em planos de criação, para assim evitar a transmissão hereditária dessa falha.
          A agilidade da raça torna-a num dos mais capazes caninos, portanto um muro alto é necessário para a raça. O Pit Bull não é a melhor escolha para os que procuram cães de guarda por ser extremamente amigável mesmo com desconhecidos. Comportamento agressivo para com o ser humano não é característico da raça, portanto isso é extremamente indesejável. A raça sai-se muito bem em eventos e exposições pelo seu alto grau de inteligência e pela sua vontade de trabalhar.
          O Pit Bull é um cão inteligente, e muitos de seus exemplares são obedientes; são cães saudáveis que reclamam pouco e oferecem muito aos seus donos. Há até mesmo casos de cães que servem de guias para cegos e já são usados como cães de terapia em hospitais e clínicas para ajudarem crianças deficientes.
          Pit Bulls são bons animais de estimação, mas devem ser tratados com cuidado e respeito por quem decidir criá-los. Quando em público, sempre devem usar guia curta, focinheira, enforcador ou coleira resistente, sendo conduzidos por pessoas com força física suficiente para conter o animal no caso de euforia.


Características Físicas

- Os pit bulls são cães extremamente fortes.
- Possuem estruturas óssea e muscular bem desenvolvidas.
- As cores mais comuns para está raça são: preta, branca, marrom claro e marrom escuro.
- Quanto à trufa (focinho) dos cães, há três colorações: Red Nose, Black Nose, Blue Nose e os Blue Fawn.
- O pescoço é grosso e curto.
- Possui mandíbulas desenvolvidas e com muita força na mordida.
- O peso de um pit bull pode variar de 30 a 50 quilos.
- Com relação a altura, podem atingir de 35 a 50 cm.



Comportamento e Temperamento:

- O pit bull é um cão ágil e com grande impulso muscular.
- Não é recomendado ter este cão em casa com criança pequena.
- Não são recomendados para quem nunca teve cães.
- Os pit bulls são inteligentes e quando adestrados corretamente, tornam-se obedientes.
- Possui muita energia e vontade, além de necessidde, de praticar atividades físicas.
Atenção: O cruzamento indiscriminado e a utilização destes cães em rinhas de combate, geraram exemplares violentos de pit bulls. Há casos de cães que escaparam da casa ou do dono e atacaram pessoas, levando-as a morte.


________________________________________________

Mídia X Pit Bulls

Para a mídia os Pit Bulls são uma fonte de notícias magníficas, primeiramente se criou o esteriótipo e o grande “pré-conceito” com animais te tanto valor, após a fama já criada cada notícia reflete em aumento da audiência ou venda de publicações como revistas e jornais. Porém há um grande problema, a cada notícia lançada na mídia o número de PIT BULLs abandonado nas ruas aumenta em 250% (dados do centro de zoonoses da cidade de Belo Horizonte acarretando em animais desestruturados para a vida “selvagem na cidade”, criando animais mestiços, pois os mesmos são mais fortes que os vira-latas tendo a preferência das fêmeas para copular. Além de se tornarem violentos no momento em que sentem fome e desprezo. Outro efeito causado pela mídia é a procura, por pessoas com o perfil desviado, para a aquisição desse animais. Sabendo que os mesmos são extremamente fortes e com muita disposição, pessoas com má fé já o adquirem para se auto-afirmarem perante a sociedade. Esses animais passam por verdadeiras torturas. Passam fome, são alimentados a carne com muito sangue e pimenta, são privados de água, além de ficarem acorrentados durante todo o dia. São também privados de contato com outros animais e pessoas, o que os torna em animais medrosos e, consequentemente, agressivos. A mídia tem o papel mais importante de todos na banalização dessa raça, principalmente por criar situações não verdadeiras e enfatizar os ataques, que representam apenas 0,125% dos ataques de cães em todo o mundo. Por mais que não possa parecer, em filmes americanos muitas vezes são usados os American Pit Bulls Terriers para contracenar com crianças, muitos são usados pela polícia pela sua lealdade ao treinador e pela sua felicidade em servi-lo, o que infelizmente não é mostrado pela mídia. Outro erro muito comum é o aumento de suas capacidades, o Pit Bull não tem a força de 10 toneladas em sua mordida, a mordida dele é 10x mais fraca que a do Rottweiller (que são 2 toneladas). O APBT (American Pit Bull Terrier) foi criado para imobilização, portanto sua oclusão (encaixe dos dentes superiores e inferiores) é perfeito, contando também com uma grande abertura lateral dos lábios que lhes dão uma grande área para a respiração, mesmo com as mandíbulas mordendo algum objeto. Essa qualidade pode ser usada para o bem se caso o animal for bem treinado, sendo capaz de carregar coisas pesadas por longas caminhadas, além de ter a coordenação motora perfeita eles são precisos em suas pegadas. Animais treinados nunca mordem a mão de seus treinadores, mesmo quando estão eufóricos e seus treinadores seguram o objeto a ser mordido (bola, pau ou qualquer outro brinquedo). Assim como o bulldog, o American Pitbull Terrier é um cão que foi desenvolvido para brigas com touros e ursos. É extremamente forte e pode se tornar agressivo com o treinamento específico. No entanto, também pode aprender a ser pacífico e obediente. A raça como um todo possui certa tendência à combatividade, mas os filhotes não nascem agressivos. Se bem educado, o pitbull pode se tornar sociável e extremamente fiel ao seu dono, obedecendo a todos os comandos. Cães descontrolados, que atacam pessoas na rua, são frutos da ignorância - ou má fé - de seus donos. 
 

________________________________________________ 


"Abandonados, espancados, feridos com gravidade. Vira-latas ou cães de raça; filhotes ou adultos – não importa. Mais de 5 mil cachorros já foram deixados na Suipa este ano. Um canil superlotado, um imenso asilo de animais que ninguém quer. Todos esperam por adoção, menos os pitbulls, ex-cães de rinha apreendidos pela polícia."
(Fonte: Globo)




CAMPANHA PEDIGREE - ADOTAR É TUDO DE BOM!








Obrigadinha...
Beijinhos =*


(um especialmente pra você amore...!)

4 comentários:

Anônimo disse...

Demorou tanto tempo pra genti si encontrar... mais lá no fundo eu sabia qui vc ia chegar..... linda cada momento com vc é inesquecível adoro esta química que rola entre nos dois. um bjo

Anônimo disse...

tu copiou tudo da internet, não falou nada de própria opinião.

Kauanna disse...

Copiei sim e qual o problema?
Alguns posts são com minhas próprias palavras, outros com pesquisas na internet! Se você não conhece o perfil do meu blog, não critique! Aqui neste blog são todos os temas que mais gosto na minha vida! E pelo fato de gostar eu busco informações pra conhecer tais assuntos que gosto tanto e pra quem gosta encontrar informações legais também...
Me responda, como é que eu poderia saber de tudo isso de um PitBull se eu não fizesse uma pesquisa?? Não sou veterinária "anônimo" e da próxima, identifique-se ;)

Anônimo disse...

Niny, ta da hora essa materia sobre os dogs adorei.
bjus LoirAzuL